CÃES

VOCÊ SABIA QUE CÃES PROCESSAM O QUE FALAMOS E COMO FALAMOS?

por Equipe de Comunicação
|
Compartilhe:

O zootecnista e especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, esteve presente na Universidade de Eötvös Loränd, na Hungria, onde pôde conhecer o renomado cientista Dr. Adám Miklósi, chefe de uma das equipes que mais estuda e publica artigos científicos sobre o comportamento canino hoje.

A pesquisa mais recente do profissional e sua equipe foi bastante comentada pela imprensa. “Publicada na revista científica Science, a descoberta do cientista conseguiu apontar que cães são capazes de entender palavras conhecidas e diferenciar as entonações com as quais falamos, em diferentes partes do cérebro, como nós”, ressaltou Alexandre Rossi.

O estudo

Os pesquisadores conseguiram analisar quais regiões do cérebro dos cachorros são ativadas, quando eles processam a fala e a entonação daquilo que nós dizemos a eles.

Para descobrir as regiões do cérebro em que o animal processa essas expressões, 13 cães foram treinados para permanecerem imóveis dentro da máquina de ressonância magnética. A primeira etapa foi muito importante, pois somente com os animais imóveis seria possível fazer imagens válidas. Se eles fossem contidos à força, as respostas cerebrais seriam diferentes.

O teste teve como base imagens das reações do cérebro dos cachorros diante de gravações de seus treinadores, que significavam elogios, em uma entonação bem animada. Palavras de elogio em uma entonação neutra e palavras que não significavam nada em entonações animadas e também neutras.

As conclusões após a análise das imagens foram bem interessantes: o lado esquerdo do cérebro dos cães é ativado diante de palavras conhecidas, e o lado direito processa a entonação. “Regiões distintas do cérebro processam duas formas de comunicação também distintas e, juntando as duas situações - palavras conhecidas e um elogio bem animado, é ativada a parte do cérebro relacionada à recompensa. Esse foi o primeiro estudo conhecido que realmente procurou verificar e entender como os cães interpretam a linguagem humana”, salienta o especialista em comportamento animal.  

Materiais como esse são fundamentais no trabalho de especialistas da área. Os resultados podem ajudar a tornar a comunicação entre humanos e cães ainda mais eficiente.

Encontre por tipo de Mídia:


Como contar os anos de vida de cães e gatos

vejasp.abril.com.br

Sabemos que a expectativa de vida dos pets não acompanha a dos humanos. Será que é possível fazer uma previsão?

SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

Pets que ajudam na educação das crianças

Deixar que as crianças realizem tarefas relacionadas ao bichinho de estimação pode ser uma ótima ideia para ensiná-los a ter responsabilidade.

Copa: cães que sofrem com barulhos altos

Dicas para minimizar ou acabar com o medo dos pets nos dias de jogos do Brasil durante a Copa.

Hotel, férias e pets!

Dicas de Alexandre Rossi sobre como ter uma viagem tranquila em família, com o pet.

CÃES

Os nossos amigos de quatro patas estão sempre se comunicando, por meio de linguagem corporal ou vocalização (latidos, uivos).

Campanha reforça a presença do veterinário no núcleo de apoio à saúde familiar

O CRMV criou a campanha “Saúde é uma só” com o intuito de incluir o médico veterinário em ações de prevenção à saúde voltadas às famílias.

Como e quando usar recompensas para treinar cães e gatos?

Entenda a importância do reforço positivo para a boa convivência do pet com a família!

O melhor tipo de tosa para o seu cachorro

Conheça mais sobre recorte e tintura canina e saiba que cuidados ter na hora da tosa.

SE VOCÊ É UM DONO: COM CRIANÇAS

O mais recomendado é buscar cães dóceis e de grande porte, que aguentem brincadeiras mais brutas, como o bull terrier, por exemplo, que é um cachorro forte, mas extremamente dócil com crianças.

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.