GATOS

O QUE É IMPORTANTE SABER SOBRE O COMPORTAMENTO DOS GATOS

por Alexandre Rossi | Coluna Canal Pet - Ig
|
|
Compartilhe:

Hoje é dia de falar deles, cada vez mais admirados nos lares do Brasil: os gatos. O número de felinos domésticos vem aumentando ano a ano por aqui. A expectativa é que a quantidade de gatos como animais de estimação supere a de cães dentro de alguns anos. Muito disso pode ser explicado pelo comportamento dos gatos.

Para aqueles que já convivem ou pretendem conviver com bichanos, é importante conhecer esse comportamento dos gatos e algumas características deles, para que não haja nenhum problema e a convivência na família seja sempre bastante harmônica.

Caçador nato e ágil escalador

Gatos, assim como todos os felinos, são excelentes caçadores, instinto que permanece de forma bem acentuada também nos domésticos. Por esse motivo, o gato caça tudo que se movimenta: mosquitinhos, aves, ratos.

Trata-se de um comportamento natural e cabe ao dono providenciar que seu gatinho possa exercitar essa habilidade. Aqui, valem bolinhas, brinquedos que se movimentam e podem ser “perseguidos”, como o laser refletido na parede de casa. Ou seja, providenciar muitas atividades, que aguçam o instinto de caça, permitirá que ele faça exercícios e se divirta.

Outra característica é controlar o mundo do alto: trata-se de um dos maiores prazeres dos gatos. Assim, instalar prateleiras pelas paredes da casa, para que eles possam escalar e ter um refúgio, será garantia de bem-estar para o animal.

Independência

Muitos desejam um gato como animal de estimação, por já terem ouvido falar que eles são independentes, ou seja, um animal que não necessitaria de muito cuidado, contato com a família ou outros animais.

Mas, apesar de os felinos serem autossuficientes em vários aspectos, isso não significa que eles não precisem de cuidado, atenção e de interação com as pessoas da casa. Qualquer dono de gato sabe o quanto eles são capazes de demonstrar carinho e desejo de estar perto daqueles em quem confiam.

Diferentemente dos cães, em sua grande maioria sociáveis por natureza, gatos precisam confiar e não ter medo para, aí sim, passar a demonstrar afeto. São desconfiados, precisam ter o controle do ambiente e da situação, para somente então começarem a interagir com mais confiança.

Higiene

Essa é outra característica muito forte para o comportamento dos gatos e que conquista muitas pessoas: eles são animais extremamente limpos. E, o melhor: isso é natural deles. Gatos se limpam o tempo todo. Eles se lambem e a saliva retira os pelos mortos, poeira e sujeira. Sua língua áspera auxilia nessa tarefa.

Além disso, no quesito necessidades, não é preciso qualquer treino para utilizar um determinado local como “banheiro”: eles já nascem sabendo. Basta colocar uma caixa de areia (há vários tipos de substratos) e ele irá procurar naturalmente esse lugar para cavar, fazer as necessidades e enterrá-las.  

Aproveite o bichano

Para quem está disposto a desfrutar da companhia de um animal incrível e enigmático, um gato pode ser a escolha certa. Conhecendo realmente o comportamento dos gatos é garantindo que a convivência será muito bacana.

Encontre por tipo de Mídia:


SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

CÃES

Os nossos amigos de quatro patas estão sempre se comunicando, por meio de linguagem corporal ou vocalização (latidos, uivos).

Crianças e cachorros, uma parceria que dá certo

O tema foi discutido no programa Pet na Pan, apresentado por Alexandre Rossi na rádio Jovem Pan.

Pet na Pan aborda adoção de animais com pelagem escura

Esses pets serão tão carinhosos quanto qualquer outro animal.

Os cuidados com o pet cabem no seu bolso?

Saiba como se organizar para proporcionar saúde e bem-estar para o melhor amigo.

Pet na Pan: Terapia Assistida por Animais e seus benefícios

No programa Pet Na Pan, transmitido pela rádio Jovem Pan no dia 25 de fevereiro, Alexandre Rossi recebeu Rinaldo Digilio, autor do projeto que autoriza a visita de animais em hospitais, e Silvana Prado, fundadora da ONG Patas Therapeutas, que discuti

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.