CÃES

Cuidados com brinquedos novos

por Alexandre Rossi
|
|
Compartilhe:

No último É de Casa, falamos sobre brinquedos bacanas para cães e gatos, que podem ser feitos com materiais que são muitas vezes jogados no lixo.

É o exemplo das famosas garrafas pet, um verdadeiro “clássico” para nossos cães, que costumam adorar o barulho que elas produzem (que deixa os mais jovens malucos) quando estão sendo esmagadas por aquelas mandíbulas poderosas!

Mas o material plástico de que elas são compostas pode esconder um perigo para a saúde deles.

 

Qual o risco?

Pequenos pedaços das garrafas pet podem ser ingeridos pelos cães mais afoitos, que começam a morder e morder, destruir o brinquedo novo e… engolir os pedaços!

O material de que são feitas as garrafas pet (uma espécie de plástico que produz bordas afiadas quando roído pelos cães) pode causar lesões internas graves, como uma obstrução gástrica, uma emergência veterinária que demanda socorro imediato.

 

Mas calma, gente…

Não são todos os cães que destroem objetos ou brinquedos e vão engolir os pedaços. Muitos cospem os pequenos resquícios enquanto aquele objeto de desejo está sendo destruído durante momentos de diversão.   

Mas outros, por sua vez, acabam engolindo estes pedaços, que podem trazer algum dano à saúde.

 

O que fazer então?

Não devemos deixar de oferecer itens aos nossos pets que possam ser bacanas e divertidos para eles, aumentando a estimulação física e mental. Mas a dica, neste momento, é: antes de deixar seu cão ou gato sozinho interagindo com um brinquedo novo (qualquer que seja ele), supervisione previamente essa interação em algumas oportunidades! Assim, você conseguirá saber se seu cão é um destruidor que engole pedaços ou se cospe e parte para a nova brincadeira!  

Se ele engolir pedaços, procure oferecer somente brinquedos compostos por materiais mais resistentes e, mesmo assim, fique sempre de olho, pois a capacidade de destruição de alguns cães pode surpreender a qualquer um!

Encontre por tipo de Mídia:


SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

CÃES

Os nossos amigos de quatro patas estão sempre se comunicando, por meio de linguagem corporal ou vocalização (latidos, uivos).

Crianças e cachorros, uma parceria que dá certo

O tema foi discutido no programa Pet na Pan, apresentado por Alexandre Rossi na rádio Jovem Pan.

Pet na Pan aborda adoção de animais com pelagem escura

Esses pets serão tão carinhosos quanto qualquer outro animal.

Os cuidados com o pet cabem no seu bolso?

Saiba como se organizar para proporcionar saúde e bem-estar para o melhor amigo.

Pet na Pan: Terapia Assistida por Animais e seus benefícios

No programa Pet Na Pan, transmitido pela rádio Jovem Pan no dia 25 de fevereiro, Alexandre Rossi recebeu Rinaldo Digilio, autor do projeto que autoriza a visita de animais em hospitais, e Silvana Prado, fundadora da ONG Patas Therapeutas, que discuti

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.