NA MÍDIA

Alexandre dá dicas para a virada do ano com os pets

por Equipe de Comunicação
|
|
Compartilhe:

O especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, esteve no programa É de Casa, da Globo, no dia 17 de dezembro. Ele deu dicas para minimizar o medo de fogos de artifício durante as festas de fim de ano e, ainda, ensinou a como lidar com cães que pedem comida quando os donos estão à mesa.

A atração contou ainda com a presença da cadelinha Estopinha, fiel companheira de Alexandre.

Confira aqui a participação completa.

Encontre por tipo de Mídia:


SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

CÃES

Os nossos amigos de quatro patas estão sempre se comunicando, por meio de linguagem corporal ou vocalização (latidos, uivos).

Crianças e cachorros, uma parceria que dá certo

O tema foi discutido no programa Pet na Pan, apresentado por Alexandre Rossi na rádio Jovem Pan.

Pet na Pan aborda adoção de animais com pelagem escura

Esses pets serão tão carinhosos quanto qualquer outro animal.

Os cuidados com o pet cabem no seu bolso?

Saiba como se organizar para proporcionar saúde e bem-estar para o melhor amigo.

Pet na Pan: Terapia Assistida por Animais e seus benefícios

No programa Pet Na Pan, transmitido pela rádio Jovem Pan no dia 25 de fevereiro, Alexandre Rossi recebeu Rinaldo Digilio, autor do projeto que autoriza a visita de animais em hospitais, e Silvana Prado, fundadora da ONG Patas Therapeutas, que discuti

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.