COMPORTAMENTO

QUERO MEU DONO DE VOLTA!

por Alexandre Rossi
|
11 meses atrás
|
Compartilhe:

A nossa rotina, muitas vezes, faz com que a gente não consiga ficar o tempo todo ao lado do pet.  Muitos donos não ficam nada à vontade em ter que sair e deixar o cão sozinho, e essa preocupação é agravada por comportamentos que muitos apresentam, como ficar agitado demais, latir sem parar, chorar, entre outros. Como, então, lidar com os cães que sofrem com a ansiedade de separação?

Primeiro, não faça tanto alarde ao entrar e sair de casa. Sei que é muito difícil resistir àquela recepção calorosa, mas, acredite, fará bem ao bichinho! Quando chegar, espere o cão se acalmar para depois cumprimentá-lo.

Habitue o animal a ficar menos ansioso com a sua saída. Pegue as chaves do carro e a sua bolsa, por exemplo, e circule pela casa. Aja naturalmente e as devolva para o lugar depois, para que o pet não associe mais tão claramente os sinais de saída, com o dono indo embora.

Outra dica, principalmente para os animais que costumam seguir os donos para todos os cantos, é aumentar a independência do pet. Vai ao banheiro lavar as mãos? Feche a porta e deixe o cão para fora por alguns minutos. Ofereça a ração dentro de um brinquedo ou garrafa pet furada em outro cômodo, para que ele se alimente brincando, sem a sua presença.

Quando o cachorro tiver que ficar sozinho, invista no enriquecimento ambiental! Você pode esconder pedaços de petiscos pela casa, para que ele os encontre na sua ausência. Ofereça também brinquedos diversos para ele se divertir. Ele vai ficar tão distraído e com atividades, que a sua saída se tornará cada vez mais tranquila.