BEM ESTAR

CÃO E BEBÊ: CRIE UMA RELAÇÃO SAUDÁVEL E FELIZ!

por Alexandre Rossi
|
|
Compartilhe:

A chegada de um novo membro à família é, sem dúvida, um momento de muita felicidade. Todos ficam muito animados, começam a fazer planos e a pensar nos preparativos. Quando se tem um pet em casa, ele deve ser incluído como parte desse planejamento de boas-vindas ao bebê.

Estudos mostram o quanto pode ser importante para a saúde e bem-estar da criança esse envolvimento com o bichinho de estimação. Claro, sempre com muito cuidado e com supervisão. Algumas dicas simples podem fazer com que o relacionamento entre eles seja equilibrado e feliz.

Bom, o primeiro passo é estabelecer para o animal uma nova rotina, que já antecipe tudo o que vai mudar com a chegada do bebê. O ideal é ir limitando o acesso aos cômodos que ele não poderá frequentar. Da mesma forma, reavalie os horários dos passeios e a quantidade de atenção que ele recebe – não que ela precise ser reduzida, não é isso, mas, é normal que o novo membro exija bastante cuidado e momentos de dedicação integral.

Além disso, também é possível começar treinos para que o cão se acostume com a presença do bebê. Para isso, você pode usar uma boneca, por exemplo. Dê atenção a ela, sempre inserindo o cão e associando a presença dela a momentos agradáveis. Você também pode deixar o carrinho do bebê aberto dentro de casa, para que o pet cheire e explore o equipamento.

Com os gatos, um cuidado adicional é procurar um berço que tenha uma tela que possa ser fechada na parte de cima da caminha do bebê. Isso dará mais segurança para ambos, já que os bichanos andam por cima dos móveis e podem pular dentro do berço.

Depois do nascimento, pegue a primeira roupinha do bebê, deixe o bicho cheirá-la e continue fazendo associações positivas, oferecendo carinho ou um petisco. À medida que a criança for crescendo, explique como interagir com o animal de forma gentil, sempre respeitando o espaço dele.

Com essas simples orientações, é possível envolver o pet na nova rotina da família. Infelizmente, há pessoas que chegam a cogitar a doação do animal. Isso não é necessário! Todos podem curtir esse momento com muito carinho e alegria.

Encontre por tipo de Mídia:


SE VOCÊ É UM DONO: FESTEIRO

FESTAS

Mantém a casa sempre movimentada? A melhor saída é buscar cães de companhia, mais tranquilos e menos territorialistas, como o golden retriever, o labrador, o spitz alemão, o maltês, o shih tzu, o west highland white terrier e o lhasa apso.

CÃES

Os nossos amigos de quatro patas estão sempre se comunicando, por meio de linguagem corporal ou vocalização (latidos, uivos).

Crianças e cachorros, uma parceria que dá certo

O tema foi discutido no programa Pet na Pan, apresentado por Alexandre Rossi na rádio Jovem Pan.

Pet na Pan aborda adoção de animais com pelagem escura

Esses pets serão tão carinhosos quanto qualquer outro animal.

Os cuidados com o pet cabem no seu bolso?

Saiba como se organizar para proporcionar saúde e bem-estar para o melhor amigo.

Pet na Pan: Terapia Assistida por Animais e seus benefícios

No programa Pet Na Pan, transmitido pela rádio Jovem Pan no dia 25 de fevereiro, Alexandre Rossi recebeu Rinaldo Digilio, autor do projeto que autoriza a visita de animais em hospitais, e Silvana Prado, fundadora da ONG Patas Therapeutas, que discuti

SE VOCÊ É UM DONO: AVENTUREIRO

AVENTUREIRO

Algumas raças indicadas são o border collie, o beagle, o labrador e o golden retriever.

SE VOCÊ É UM DONO: AGITADO

AGITADO

Vale procurar raças mais independentes, como o akita, o husky siberiano, o chow-chow e o pug.

SE VOCÊ É UM DONO: CARENTE

CARENTE

o labrador, cocker e o yorkshire adoram um cafuné e trocam tudo para deitar nos pés de seus tutores.